Sobre

Incentivar a produção artística é um dos pilares centrais da política cultural do Governo do Estado de São Paulo. Por meio de quatro programas de fomento, a Secretaria da Cultura apoia financeiramente a realização de projetos das mais variadas linguagens e vertentes, no intuito de contribuir para a renovação e diversidade artística, a preservação de expressões tradicionais, o resguardo do patrimônio material, a realização de pesquisas e projetos de formação cultural e, principalmente, o amplo acesso do público à cultura.
São centenas de filmes, peças de teatro, espetáculos da dança, livros, programas de formação, projetos de restauro e muitos outros produtos culturais cuja realização não seria possível sem o investimento do governo Paulista. Assim, essa política tem contribuído para a pluralidade da produção artística no território paulista, com repercussão em todo o Brasil.
A fim de garantir a distribuição democrática dos recursos financeiros disponíveis, de maneira transparente e impessoal, todos os programas têm processos de seleção regulados por legislação própria, que busca promover a amplitude geográfica, a pluralidade de pensamento e qualidade no produto final ofertado ao público. As decisões são tomadas por comissões autônomas, formadas por especialistas nos diversos segmentos da cultura.
Além disso, quem recebe recursos dos programas de fomento tem a obrigação de prestar contas após a realização do projeto.